top of page
  • Daniela Burgonovo

Descubra o segredo da CRF 250F mais forte do Brasil

De marceneiro a preparador de motos, Willian Wink, da Alemão Performance, conta como ganhou o concurso promovido durante o Sportbay Brasileiro de Arena Velocross, no último fim de semana, em Campina Grande do Sul (PR)

Fotos: L3 Movie/Show Radical O motociclismo é um grande jogo de equipe. Para que pilotos possam usufruir ao máximo de suas motocicletas na pista, por trás, há preparadores que trabalham incansavelmente. Foi pensando neles que o Sportbay Brasileiro de Arena Velocross promoveu um desafio inédito para decidir quem seria capaz de preparar a “CRF 250F mais forte do Brasil”. O evento aconteceu no fim de semana, dias 25 e 26 de novembro, em Campina Grande do Sul, cidade localizada na região metropolitana de Curitiba (PR).


Ao todo, participaram da disputa 11 mecânicos de todos o país, com 13 motos, seguindo um rigoroso regulamento. Primeiro, os atletas precisavam classificar para as finais nas provas oficiais do Arena no sábado. Depois, as motocicletas seguiam para um parque fechado com fiscais. Enfim, no domingo, o esperado momento do dinamômetro, no qual Willian Wink, da Alemão Performance, conquistou o prêmio de R$ 11 mil ao bater a marca de 51,39cv de terceira marcha.


Para Alemão, morador de Segredo, no interior do Rio Grande do Sul, ex marceneiro, 29 anos, apenas cinco dedicados a nova profissão, esta foi uma grande conquista. “Eu comecei a fazer trilha com uma Bros 150 adaptada, não tinha dinheiro para pegar mecânico, então eu mesmo ia fuçando nela, estudando, aprendendo a mexer. Foi assim que tudo começou, os amigos foram pedindo ajuda, depois foi se espalhando, fui ganhando clientes, até que consegui largar a marcenaria e me dedicar só a mecânica”, explica.


Autodidata, ele e sua equipe tem como diferencial a determinação. Junto a Deoner Junior, Kevin Rech e Vitor Pradella, além de sua esposa, Jiovana Machado, praticamente fecharam a oficina e passaram duas semanas dedicados a preparação de quatro motocicletas. Duas para o desafio, uma vencedora e também a vice, isso mesmo, com a segunda melhor marca, de 50,54cv de terceira marcha, e outras duas para o Arena, com Guilherme Zaparoli finalizando em terceiro e Lucas Puntel em sexto na Intermediária Nacional.


Desde o início, Alemão, buscava e compartilhava conhecimento na internet, e ganhou destaque ao expor seu trabalho nas mídias sociais, sendo que no Instagram já acumula quase 100 mil seguidores. Em determinado momento, chamou atenção de um dos preparadores oficiais da Pro Tork, Roni Carlos Gesser, que o convidou a conhecer a maior fabricante de motopeças da América Latina e líder mundial na produção de capacetes, foi então que sua vida realmente mudou.


“Foi uma verdadeira virada de chave, me abriu muitas portas. As pessoas falam, mas não imaginam a grandeza. Eu fiquei impressionado, saí de lá admirado e defendendo bastante, algo construído aqui, no nosso país, temos que ter orgulho. Eu já trabalhava com os equipamentos da marca. O grande segredo da preparação das minhas motos é o Kit Escape Powercore 4 Big Bore + Sistema de Injeção Eletrônica Programável EFI Live. Sempre digo, quem aprender a fazer isso, não precisa de mais nada. Enfim, sou muito grato ao Marlon e a família Bonilha”, ressalta.

E quem ficou sonhando com a “CRF 250F mais forte do Brasil”, saiba que ela pode ser sua. Alemão está fazendo uma rifa junto a outros brindes, incluindo escapamentos Pro Tork, com bilhetes no valor de apenas R$ 1, sendo o sorteio através da loteria federal. Para participar, acesse o link disponível no Instagram @alemao_performance_66 e já aproveite para seguir e acompanhar os conteúdos deste que, sem dúvidas, é um dos melhores preparadores do país.

bottom of page