• Daniela Burgonovo

Coritiba vence primeiro jogo da semifinal do Paranaense de Futebol


Nesta quarta-feira (23) o Coritiba foi até a Arena da Baixada enfrentar o Athletico Paranaense pela primeira partida da semifinal do Campeonato Paranaense de Futebol. O jogo de ida foi movimentado e o time patrocinado pela Pro Tork levou a melhor, vencendo por 2 a 1. Alef Manga marcou os dois gols alviverdes.


O jogo


Para o clássico, o técnico Gustavo Morínigo contou com o retorno do volante Willian Farias, que se recuperou do edema na coxa. Guilherme Biro e Val, que cumpriram suspensão na última partida, foram relacionados. Escalação: Alex Muralha, Warley (Matheus Alexandre), Henrique, Luciano Castán, Egídio, Andrey, Val (Willian Farias), Thonny Anderson (Guilherme Biro), Igor Paixão, Léo Gamalho (Clayton) e Alef Manga (Régis).


A partida começou pegada e o Coritiba buscava a vitória fora de casa para ter vantagem dentro do Couto Pereira no próximo domingo. 


Aos 5 minutos, Igor Paixão disparou com velocidade pela esquerda, mas foi derrubado pela equipe adversária. O Verdão gostou do jogo e com toques rápidos chegava na área do rival. Aos 10 minutos, Alef Manga recebeu a bola e chutou cruzado em direção ao gol adversário mandando para o fundo da rede e deixando o Coxa na frente no placar.


Em velocidade, aos 13 minutos, Léo Gamalho arriscou de longe mas a bola passou por cima da meta atleticana. No contra-ataque a equipe mandante encontrou uma oportunidade e empatou o placar.


Sem sentir o gol, logo aos 17 minutos, Igor Paixão recebeu cruzamento de Léo Gamalho e subiu alto para cabecear a bola em direção ao gol, obrigando o goleiro adversário a fazer boa defesa. 


O Coxa marcava forte e chegava com velocidade buscando o jogo e pressionando o adversário. O segundo gol do Verdão não demorou para acontecer. Aos 43 minutos, a bola que chegava pelo alto, desviou em Igor Paixão e foi parar nos pés de Alef Manga, o atacante não desperdiçou e chutou forte estufando a rede do rival.


No segundo tempo o Verdão buscava manter o placar e sair com a vantagem.  Mantendo a defesa fechada o rival tentava chegar, mas Muralha fechava o gol fazendo grandes defesas e evitando o empate no placar. Aos 22 minutos, Léo Gamalho cruzou para Igor Paixão que subiu para cabecear a bola que acabou saindo pela linha de fundo.


Com sete minutos de acréscimo, o Coritiba ainda buscava ampliar o marcador. Aos 48 minutos, Clayton chegou na cara do gol e tentou finalizar, mas a defesa cortou. Com o apito final, o Coxa leva a decisão com vantagem para o Couto Pereira, no domingo (27), às 16h.


O Coritiba tem o patrocínio da Pro Tork - a maior fabricante de motopeças da América Latina e líder mundial na produção de capacetes.